certas-mulheres-cartazA história de quatro mulheres fortes que vivem intensamente na cidade de Livingston, Montana. A advogada Laura Wells é chamada para representar Fuller, um operário vitima de um acidente de trabalho que parece não ouvi-la. Perto dali, Gina e Ryan decidem construir uma nova casa, com sua desinteressada filha Guthrie. Fora da cidade, uma jovem rancheira cuida de animais enquanto cultiva uma obsessão por Elizabeth, uma advogada recém-formada. Com o céu de Montana ao fundo, essas mulheres procuram sua forma de moldar o mundo.

A direção de Kelly Reichardt impõe um certo distanciamento das três histórias. Em busca de articular um fechamento no estilo de  21 Gramas e Babel, o enredo perde um pouco da força que traz desde o inicio, o desejo da independência de suas personagens. Os arcos dramáticos em si nos apresentam boas histórias com ótimas interpretações (alias, estão todas muito bem em cena! ) sem a necessidade de cruza-las.

A fotografia espetacular de Christopher Blauvelt ajuda a compor (e muito) o filme, um exemplo é o fato de que  através de um reflexo de uma janela é possível aproveitar as belezas naturais de Montana para contrastar com a escuridão das cenas noturnas. Dentre a claridade e a escuridão dessas mulheres que buscam por independência a fotografia de Blauvelt complementa as personagens de forma crucial.

Em cartaz na Mostra Panorama do Cinema Mundial. Certas Mulheres foi selecionado na Mostra oficial de Sundance e Toronto.

DEIXE UM COMENTÁRIO