“Made in China” conta a história de Francis, uma vendedora da Casa São Jorge, a loja de brinquedos de Seu Nazir, que fica na Saara. Quando os chineses começam a roubar a clientela alheia, a vendedora decide investigar como os recém-chegados conseguem vender suas mercadorias a preços tão baixos.

Reduto do comércio mais popular da cidade do Rio de Janeiro, o Saara é o pano de fundo do longa “Made in China”. Para contar essa história, a produção construiu uma  versão cenográfica do local, de 1200 m², em um estúdio em Jacarepaguá, no Rio de Janeiro.

O diretor Estevão Ciavatta conta que foi necessária a construção desse grande cenário devido à dificuldade de rodar em um ambiente tão movimentado por cinco semanas, mas mesmo assim o filme também teve algumas cenas rodadas na verdadeira Saara do Rio de Janeiro.

Segundo o diretor de Arte,  Tiago Marques, foram reproduzidas 21 lojas em apenas um mês. “A arte foi feita de maneira tão perfeita que, às vezes, a gente se sentia mais na Saara do que na própria Saara”, relembra Juliana Alves, que vive a esotérica Andressa. E realmente, a direção de arte faz juz a verdadeira Saara, é uma bela homenagem aos comerciantes locais. Independente de bandeiras, o Saara abriga gente de todo o mundo que vivem em plena paz.

O filme é carregado pelo talento da protagonista Regina Casé, que rouba a cena no filme! Alias, Regina volta a atuar em comédias, coisa que não fazia à tempos e mostra que o talento de comediante esta no sangue.

Com roteiro assinado por Estevão Ciavatta, Mauro Wilson, Patrícia Andrade, Rosane Lima e Claudio Lisboa, “Made in China” agrada o espectador com essa comédia brasileiro com pezinho no romance.

Engraçado e divertido, pode se dizer que  é gargalhada garantida! Não esqueça a pipoca!

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here