A peça de Tchekhov foi contemplada pelo Programa Fomento Olímpico da Secretaria Municipal de Cultura e fará parte da programação olímpica.
Há três anos emocionando cariocas e turistas na Cidade Maravilhosa, a clássica peça “As três irmãs”, do dramaturgo russo Anton Tchekhov, volta ao jardim do Casarão Austregésilo de Athayde, no Cosme Velho, a partir do dia 4 de junho, para apresentações aos sábados e domingos, até 24 de julho.
 
Contemplado pelo Programa Fomento Olímpico da Secretaria Municipal de Cultura, o espetáculo, cuja montagem foi idealizada pela diretora Morena Cattoni e pelas atrizes Gisela de Castro e Paula Sandroni, fará parte da programação olímpica.
A montagem da diretora Morena Cattoni privilegia a natureza, o texto bem falado e a passagem do tempo da primorosa obra de Tchekhov. A peça conta a história das irmãs Olga, Irina e Macha,   representadas por  Paula Sandroni e Julia Deccache e Gisela de Castro, que moram no interior da Rússia com o irmão Andrei, interpretado por Cirillo Luna. Eles foram criados por um pai militar que os ensinou as maiores virtudes. Porém, onde moram, o conhecimento que têm não serve pra nada útil. Eles recebem a visita de militares em sua casa e filosofam sobre a vida. As três irmãs sonham em voltar à sua cidade natal: Moscou. Esse sonho as move, porém nunca chegam a realizá-lo.
 
O sonho de montar esse texto de Tchekhov foi uma meta atingida com sucesso pelas idealizadoras Paula, Gisela e Morena, que reuniram uma equipe de profissionais engajados em torno da permanência do projeto no calendário anual da cidade. 
 
Serviço:
Teatro – “As Três Irmãs”
Local: Casarão Austregésilo de Athayde
Rua Cosme Velho, 599 – Cosme Velho
Data: De 4 de junho a 24 de julho, sábados e domingos, 16h
Entrada franca
Censura: 10 anos
Em caso de chuva, não haverá espetáculo.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here