a-luz-entre-os-oceanosBaseado no livro de M. L. Stedman, conta a história do casal Tom Sherbourne (Michael Fassbender), zelador de um farol, e sua mulher, Isabel (Alicia Vikander em ótima atuação!), que vivem na costa Oeste da Austrália. Impedidos de ter filhos, a vida do casal sofre uma reviravolta quando um barco à deriva aporta na ilha. Ao descobrirem uma bebê náufraga no bote, decidem ficar com a criança sob seus cuidados. Mas à medida que a menina cresce, seus novos pais descobrem as consequências de assumir uma criança como sendo sua – especialmente após conhecerem uma mulher Hannah Roennfeldt (Rachel Weisz).

Dirigido por Derek Cianfrance (Namorados Para Sempre, O Lugar Onde Tudo Termina) A Luz Entre Oceanos é um drama romântico com um quê de Nicolas Sparks no roteiro, que agrada o espectador pelo bonito romance e pela história de vida de Isabel.

Emocionalmente avassalador e sensível como os dramas românticos clássicos de época dos anos 40 e 50, traz um estilo novelesco ao filme que narrativamente não tem nada de novo, mas funciona muito bem. O cuidado, a paciência e a sensibilidade com o enredo e narrativa que se desenvolve, permite que as reviravoltas e acontecimentos decisivos ganhem contornos emocionalmente poderosos, conflitantes e verdadeiros.

Seus personagens e intenções são bem desenvolvidos e somado com os rumos que a trama vai levando, é difícil não se emocionar, mesmo com todos os clichês.

Michael Fassbender, Alicia Vikander e Rachel Weisz, claramente, engrandecem e potencializam muito a obra. Suas atuações são primordiais para que possamos nos envolver, emocionar e embarcar na história. Destaque para a pequena Florence Clery pelo talento e carisma em cena!

Além de falar sobre o amor, atitudes e consequências, que mesmo sendo compreensíveis, são muito difíceis de julgar, A Luz Entre Oceanos aborda os limites da ética e os dilemas morais sob diferentes pontos de vista. Uma história emocionante sobre perdas trágicas e escolhas difíceis, sobre a maternidade e os limites do amor.

O livro de estreia da australiana M. L. Stedman alcançou as principais listas dos mais vendidos do mundo, incluindo o cobiçado ranking do The New York Times, onde permaneceu por mais de quatro meses.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here