Longa-metragem de Matthieu Delaporte e Alexandre De La Patellière, protagonizado por Patrick Bruel (Qual É o Nome do Bebê) e Fabrice Luchini ( O Mistério de Henri Pick), conta a história de amizade de Arthur (Fabrice Luchini) e César (Patrick Bruel), desde a infância.

O que fazer quando se tem apenas alguns meses de vida? esse é o mote de O Melhor está por Vir. Em meio a uma grande confusão, César é informado de que Arthur está com câncer, a partir dai, ele faz de tudo para que o amigo para recuperar o tempo perdido, ao mesmo tempo que tenta contar oque está acontecendo.

O drama tem tom leve, com cenas divertidas, que mostram o poder da amizade. Mesmo com um certo desconforto, a situação leva ambos á um caminho de descobertas. O Melhor está por Vir traz um enredo já conhecido do público, o que não é ruim, muito pelo contrário, as pessoas se identificam facilmente. É uma história bonita de ver!  O filme ganha na maneira de conduzir nossos sentimentos.

É interessante observar o contraponto dos personagens, ao mesmo tempo que se complementam.  César e Arthur são muito diferentes, porém isso não abala amizade deles, pelo contrário, eles se permitem rir um do outro, por conta das personalidades diferentes.  Enquanto Cesar curte a vida loucamente, Arthur casou teve uma filha e segue, digamos assim, o caminho mais correto da vida.  Não cabe à mim, dizer o que é certo ou errado, o importante é que saber que cada um faça suas escolhas, como achar melhor.

Foto: divulgação Paris filmes

 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here