“Agora” é o oitavo álbum de Bebel Gilberto depois de seis anos.

Foto: Luigi & Iango

Oitavo álbum de Bebel Gilberto é o primeiro disco de estúdio da cantora e compositora brasileira em seis anos disponível desde 1º de Maio em todas as plataformas digitais e no formato CD, pela gravadora belga [PIAS] Recordings.

O lançamento do novo álbum,  aliás, o oitavo da carreira da cantora. seria acompanhado por uma longa turnê internacional. Além disso, ela fala do clipe da música “Deixa”, que foi filmado no final de 2019 no The Nomad Hotel, em Los Angeles, com  direção de Erik Sohlström (diretor de fotografia de clipes de Duran Duran e Nicki Minaj).

Você está lançando seu oitavo álbum da sua carreira, com um hiato de seis anos, o que te levou a voltar a produzir? Aliás, gostaria de saber quanto tempo durou processo de construção desse novo projeto?
Bebel Gilberto – O mercado mudou muito nos últimos anos e andava muito desestimulada em voltar para o estúdio. O mais especial deste projeto é que ele começou sem a pretensão de virar um disco.

Além disso, eu e Thomas começamos a nos encontrar, trocas ideias e compor sem nenhum a pressão… Quando vimos, já tínhamos um disco pronto. A produção aconteceu entre 2017 e 2019.

Agora” também foi lançado em vinil, o que te motivou a incluir esse formato no processo de lançamento? E porquê?
Bebel Gilberto –  Há uma demanda grande atualmente para este formato. Foi uma decisão, certamente, da gravadora, a [Pias], e eu fiquei felicíssima em me ver na capa de um vinil novamente.

Em “Agora”, você trabalhou com o produtor Thomas Bartlett, como foi o processo de criação junto à ele?
Bebel Gilberto –  Foi como mágica. Um processo fluido, porém intenso. Me fez lembrar que não é preciso sofre para criar.

 Você trabalhou com Erik Sohlström (diretor de fotografia de clipes de Duran Duran e Nicki Minaj) no clipe da música “Deixa”, como foi esse encontro?
Erik é um grande amigo há anos. A filmagem aconteceu em Los Angeles em apenas um dia. Criamos uma personagem alegra, extravagante e nos divertimos muito gravando ‘Deixa’. Ele me conhece bastante e por isso foi tudo muito simples e rápido.

 O lançamento do novo álbum seria acompanhado por uma longa turnê internacional. Diante da situação atual que vivemos, você acredita que ainda será possível? Aliás, podemos esperar uma live do novo álbum?
Bebel Gilberto – Tenho tido cada vez mais vontade de fazer uma live, mas ainda preciso me preparar. A turnê estava toda desenhada e todos os shows foram cancelados. Aliás, alguns, na Europa, já foram anunciados para Maio do ano que vem, mas sabemos que isso também pode mudar. Eu tenho levado essa quarentena em casa com muita serenidade, só sinto falta dos shows, mas neste momento temos que seguir as determinações das autoridades de saúde e fazer o que for mais seguro para todos, sem nos apressar.

A internet e as plataformas digitais são cada vez mais usadas no processo de criação, distribuição e divulgação, como vocês alinharam o processo de lançamento de “Agora”, com esse novo formato?
Bebel Gilberto – Toda a estratégia de “Agora” foi baseada, certamente, nas plataformas digitais e em suas particularidades. A forma de se consumir música muda o tempo todo e a gente vai se adaptando, mas nunca se ouviu tanta música como atualmente e isso é extraordinário.

A música é capaz de mudar o estado de espirito do ser humano. Atualmente, o que te influência musicalmente no dia a dia? O seu olhar musical mudou durante a sua carreira?
Bebel Gilberto – Tudo me influencia desde uma paisagem, uma viagem, uma pessoa atravessando a rua… levo muito das minhas vivências para a minha música, de várias formas. Na melodia, na letra mais diretamente ou através de metáforas… , mas ainda não compus durante a pandemia. Quanto ao meu olhar musical, não aconteceu.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here