Os farofeiros [Os farofeiros, Brasil, 2017], de Roberto Santucci . Gênero: comédia. Elenco: Maurício Manfrini, Cacau Protásio, Danielle Winits. Classificação: 12 anos

Para aproveitar o feriadão com os amigos do trabalho, nada melhor do que viajar para uma “LINDA” casa de praia.

Critica: https://rotacult.com.br/2018/03/os-farofeiros-nova-comedia-de-roberto-santucci-e-um-hibrido-de-formulas-do-genero/

O passageiro [The commuter, Estados Unidos, França, Reino Unido, 2017], de Jaume Collet-Serra  Gênero: suspense. Elenco: Liam Neeson, Vera Farmiga, Patrick Wilson. Classificação: 14 anos

Neste intenso suspense de ação, Liam Neeson é Michael, um vendedor de seguros que vê a sua viagem diária de trem para o emprego transformar-se numa série de reviravoltas. Depois de ser abordado por um misterioso estranho, Michael é forçado a desvendar a identidade de um passageiro escondido no trem antes que este chegue à última parada. À medida que luta contra o tempo para resolver este quebra cabeça, Michael percebe que está preso no centro de uma conspiração criminosa, que coloca em perigo a sua vida e dos demais passageiros.

Critica: https://rotacult.com.br/2018/03/liam-neeson-repete-a-velha-formula-de-filmes-de-acao/

15h17 – Trem para Paris [The 15:17 to Paris, Estados Unidos, 2017], de Clint Eastwood   Gênero: drama. Elenco: Spencer Stone, Alek Skarlatos, Anthony Sadler. Classificação: 14 anos

No início da noite de 21 de agosto de 2015, o mundo assistiu atônito às notícias de um ataque terrorista frustrado no trem n° 9364 da Thalys a caminho de Paris – uma tentativa impedida por três corajosos jovens americanos que viajavam pela Europa. O filme acompanha a vida dos três amigos, das dificuldades da infância, passando pela descoberta de seu propósito na vida, até a série de eventos improváveis que culminaram com o ataque. Durante essa experiência angustiante, a amizade entre eles, que nunca se abala, tornou-se sua melhor arma, permitindo que eles salvassem a vida de mais de 500 passageiros a bordo.

Critica: https://rotacult.com.br/2018/03/novo-filme-de-clint-eastwood-retrata-com-realismo-ataque-terrorista-no-trem-a-caminho-de-paris/

Medo profundo [47 meters down, Reino Unido, Estados Unidos, República Dominicana, 2017], de Johannes Roberts . Gênero: suspense. Elenco: Mandy Moore, Claire Holt, Matthew Modine. Classificação: 14 anos

Medo Profundo mergulha no mundo de duas irmãs (Mandy Moore e Claire Holt), que ficam presas no fundo do oceano quando uma expedição de mergulho para observar tubarões acaba saindo terrivelmente errada. Quando o cabo que prende a gaiola de observação no barco quebra, a gaiola afunda até o fundo do oceano. As irmãs precisam descobrir uma maneira de voltar a lutar contra a segurança de ferimentos, falta de oxigênio e, pior de tudo, sede de sangue dos grandes tubarões brancos

Critica: https://rotacult.com.br/2018/03/a-imensidao-escura-e-confusa-das-profundezas-do-mar-homenageia-os-classicos-do-genero/

A número um [Numéro une, França, 2017], de Tonie Marshall . Gênero: drama. Elenco: Emmanuelle Devos, Suzanne Clement, Richard Berry.

Através do trabalho árduo, Emmanuelle Blachey, engenheira brilhante e voluntária, tornou-se a diretora executiva da Trident, a principal empresa de energia da França. Casada há 20 anos com um homem carinhoso e mãe de 2 filhos, o sucesso de Emmanuelle parece perfeito. Um dia, uma rede de mulheres poderosas e influentes se oferecem para ajudá-la a se tornar a presidente de grande uma empresa. Mas para estar no topo, ela deve arriscar tudo! Em um mundo masculino, os obstáculos se acumulam na vida profissional e pessoal de Emmanuelle.

Critica: https://rotacult.com.br/2018/03/a-numero-um-trama-tensa-alerta-social-feminista/

Torquato Neto – Todas as horas do fim [Torquato Neto – Todas as horas do fim, Brasil, 2017], de Eduardo Ades, Marcus Fernando (Vitrine Filmes – Sessão Vitrine Petrobras). Gênero: documentário. Classificação: 12 anos

Torquato Neto (1944-1972) vivia apaixonadamente as rupturas. Atuando em múltiplas frentes – no cinema, na música, no jornalismo –, o poeta piauiense engajou-se ativamente na revolução que mudou os rumos da cultura brasileira nos anos 1960 e 1970. Foi um dos pensadores e letristas mais ativos da Tropicália, parceiro de Gilberto Gil, Caetano Veloso e Jards Macalé. Junto à arte marginal, radicalizou sua atuação e crítica cultural, ao lado de Waly Salomão, Ivan Cardoso e Hélio Oiticica. Por fim, rompeu com sua própria vida. Suicidou-se no dia de seu aniversário de 28 anos.

Critica: https://rotacult.com.br/2018/03/torquato-neto-um-redomoinho-cultural-do-brasil/

Uma espécie de família [Una especie de familia, Argentina, Brasil, França, Polônia, Dinamarca, 2017], de Diego Lerman Gênero: drama. Elenco: Bárbara Lennie, Daniel Aráoz, Claudio Tolcachir. Classificação: 10 anos

Malena é uma médica de classe média de Buenos Aires determinada a se tornar mãe. Ela viaja sozinha para o interior da Argentina com o objetivo de adotar um recém-nascido e, na viagem, confronta diversos limites morais que a fazem se questionar até onde é capaz de chegar para formar a família que deseja.

Longa ganhador do Prêmio de Melhor Filme no Festival de Chicago e de Melhor Roteiro no Festival de San Sebastián.
Critica: https://rotacult.com.br/2018/03/uma-especie-de-familia-retrata-a-adocao-ilegal-na-fronteira-do-brasil-com-a-argentina/

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here