Chacrinha – O velho guerreiro [Chacrinha – O velho guerreiro, Brasil, 2018], de Andrucha Waddington (Downtown/Paris). Gênero: biografia. Elenco: Stepan Nercessian, Eduardo Sterblitch, Gianne Albertoni.

longa-metragem biográfico que conta a história de José Abelardo Barbosa. O filme narra a trajetória de Abelardo desde o momento em que larga a faculdade de medicina para se aventurar em seu primeiro “bico” como locutor de rádio. Daí em diante, vemos sua vida se transformar e o nascimento do alter ego mais conhecido do Brasil, o nosso velho guerreiro, Chacrinha.

Critica: https://rotacult.com.br/2018/11/chacrinha-ganha-cinebiografia-em-formato-de-homenagem/

Operação Overlord [Overlord, Estados Unidos, 2018], de Julius Avery (Paramount Pictures). Gênero: guerra. Elenco: Wyatt Russell, Jovan Adepo, Pilou Asbæk. Classificação: 16 anos
Dirigido por Julius Avery, o longa traz como mote a história de um grupo de paraquedistas americanos que, durante uma missão na Segunda Guerra Mundial, descobre que o inimigo é muito pior do que pensava.

Critica: https://rotacult.com.br/2018/11/overlord-une-a-tematica-da-segunda-guerra-mundial-ao-terror-fantasioso/

Millennium – A garota na teia de aranha [The girl in the spider’s web, Estados Unidos, 2018], de Fede Alvarez (Sony). Gênero: suspense. Elenco: Claire Foy, Lakeith Stanfield, Sverrir Gudnason. Classificação: 12 anos

Estocolmo, Suécia. Graças às matérias escritas por Mikael Blomkvist (Sverrir Gudnason) para a revista Millennium, Lisbeth Salander (Claire Foy) ficou conhecida como uma espécie de anti-heroína, que ataca homens que agridem mulheres. Apesar da fama repentina, ela se mantém distante da mídia em geral e levando uma vida às escondidas. Um dia, Lisbeth é contratada por Balder (Stephen Merchant) para recuperar um programa de computador chamado Firefall, que dá ao usuário acesso a um imenso arsenal bélico. Balder criou o programa para o governo dos Estados Unidos, mas agora deseja deletá-lo por considerá-lo perigoso demais. Lisbeth aceita a tarefa e consegue roubá-lo da Agência de Segurança Nacional, mas não esperava que um outro grupo, os Aranhas, também estivesse interessado nele.

Critica: https://rotacult.com.br/2018/11/millenium-a-garota-na-teia-de-aranha-desvenda-a-vida-da-heroina-lisbeth-salander/

Grinch [The Grinch, Estados Unidos, 2017], de Yarrow Cheney, Scott Moiser (Universal). Gênero: animação. 3D. Classificação: Livre

Baseado no clássico de Natal de Dr. Seuss. O GRINCH conta a história de um reclamão cínico que sai em uma missão de roubar o Natal quando uma garota generosa influencia seu coração com o espírito de Natal. Engraçado, comovente e visualmente deslumbrante, O GRINCH é uma história universal sobre o espírito do Natal e do poder indomável de otimismo.

Critica: https://rotacult.com.br/2018/11/nova-animacao-sobre-grinch-conta-com-um-coracao-mais-leve-e-pronto-para-amar/

Museu [Museo, México, 2018], de Alonso Ruizpalacios (Supo Mungam Films). Gênero: drama. Elenco: Gael García Bernal, Leonardo Ortizgris.

Baseado em fatos reais, MUSEU conta a história de Juan Nuñez (Gael García Bernal) e Benjamin Wilson (Leonardo Ortizgris) que na noite da véspera de Natal de 1985 roubam o Museu Nacional de Antropologia da Cidade do México. A magnitude do crime é imensa e leva esses jovens indolentes a um caminho descontrolado, que testará sua amizade.

Critica: https://rotacult.com.br/2018/11/museu-uma-grande-homenagem-aos-filmes-de-comedia-pastelao-em-preto-e-branco/

A prece [La prière, França, 2018], de Cédric Kahn (Imovision). Gênero: drama. Elenco: Anthony Bajon, Damien Chapelle, Alex Brendemuhl.

Thomas é viciado em drogas. Para dar um fim à esse hábito, ele decide participar de uma comunidade de ex-usuários que vivem isolados nas montanhas e usam a oração como uma forma de se curarem. Inicialmente relutante, Thomas aos poucos aceita se submeter a uma vida espartana de disciplina, abstinência, trabalho árduo e orações frequentes. Ele descobre a fé, mas também o amor, e um novo tipo de tormento.

Todas as canções de amor [Todas as canções de amor, Brasil, 2018], de Joana Mariani (Galeria Distribuidora). Gênero: romance. Elenco: Marina Ruy Barbosa, Bruno Gagliasso, Luíza Mariani.

Todas as canções de amor acompanha os apaixonados Ana (Marina Ruy Barbosa) e Chico (Bruno Gagliasso) em sua mudança para um novo apartamento, onde encontram uma fita com canções dos antigos moradores, um casal em crise formado por Clarice (Luiza Mariani) e Daniel (Julio Andrade). Mesmo com a diferença temporal, essas histórias vão de cruzar de forma singular.

A garota na névoa [La ragazza nella nebbia , Itália, 2017], de Donato Carrisi (Mares Filmes/A2 Filmes). Gênero: suspense. Elenco: Toni Servillo, Alessio Boni, Lorenzo Richelmy.

Baseado no romance homônimo internacionalmente aclamado, escrito pelo próprio cineasta Donato Carrisi, a trama de A Garota na Névoa segue o súbito desaparecimento de Anna Lou, uma garota de 16 anos de uma pequena aldeia nas montanhas dos Alpes italianos. Chamado para investigar o mistério, o enigmático detetive Vogel (interpretado por Toni Servillo) logo percebe que este caso está longe de ser simples. Trabalhando contra o relógio e em meio a um frenesi de mídia sem precedentes e crescente, Vogel deve fazer uso de seus métodos não convencionais para descobrir a verdade, em uma cidade onde os motivos são obscuros, os fatos são distorcidos.

Critica: https://rotacult.com.br/2018/11/a-garota-na-nevoa-um-suspense-europeu-denso-e-cheio-de-reviravoltas/

 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here