O Grande Circo Místico [O Grande Circo Místico, Brasil, Portugal, França, 2018], de Carlos Diegues (H2O). Gênero: drama. Elenco: Mariana Ximenes, Jesuíta Barbosa, Bruna Linzmeyer. Classificação: 16 anos

O filme conta a história de cinco gerações da família dona do circo. Desde a inauguração do Grande Circo Místico, em 1910, até os dias atuais, os espectadores acompanharão com a ajuda de Celaví, o mestre de cerimônias, as aventuras e os amores da família Kieps, desde o início, passando por sua decadência, até o surpreendente final. Um filme em que realidade e fantasia se juntam em um universo místico.

Critica: https://rotacult.com.br/2018/11/o-grande-circo-mistico-um-retalho-de-contos-mal-costurados/

Animais fantásticos – Os crimes de Grindelwald [Fantastic beasts – The crimes of Grindelwald, Estados Unidos, Reino Unido, 2018], de David Yates (Warner). Gênero: aventura. Elenco: Eddie Redmayne, Katherine Waterston, Dan Fogler. 3D/ Imax.

No final do primeiro filme, o poderoso mago das trevas Gellert Grindelwald (Johnny Depp) foi capturado pelo MACUSA (Congresso Mágico dos Estados Unidos da América) com a ajuda de Newt Scamander (Eddie Redmayne). Contudo, cumprindo sua promessa, Grindelwald fugiu da prisão e passou a reunir seguidores que, na maioria dos casos, desconheciam suas verdadeiras intenções: criar magos de sangue puro para dominar todos os seres não mágicos.

Na tentativa de frustrar os planos de Grindelwald, Albus Dumbledore (Jude Law) recruta seu ex-aluno Newt Scamander, que concorda em ajudá-lo, sem saber dos perigos que enfrentará pelo caminho. Dois lados se enfrentam, à medida que o amor e a lealdade são postos à prova, até mesmo entre amigos e famílias, em um mundo de bruxaria cada vez mais dividido.

Critica: https://rotacult.com.br/2018/11/animais-fantasticos-os-crimes-de-grindewald-a-franquia-derivada-de-harry-potter/

 A casa que Jack construiu [The house that Jack built, Dinamarca, França, Suécia, Alemanha, 2018], de Lars Von Trier (California Filmes). Gênero: terror. Elenco: Matt Dillon, Bruno Ganz, Uma Thurman. Classificação: 18 anos

Um dia, durante um encontro fortuito na estrada, o arquiteto Jack (Matt Dillon) mata uma mulher. Este evento provoca um prazer inesperado no personagem, que passa a assassinar dezenas de pessoas ao longo de doze anos. Devido ao descaso das autoridades e à indiferença dos habitantes locais, o criminoso não encontra dificuldade em planejar seus crimes, executá-los ao olhar de todos e guardar os cadáveres num grande frigorífico. Tempos mais tarde, ele compartilha os seus casos mais marcantes com o sábio Virgílio (Bruno Ganz) numa jornada rumo ao inferno.

Critica: https://rotacult.com.br/2018/11/a-casa-que-jack-construiu-as-camadas-da-mente-de-um-serial-killer/

Verão [Leto, Rússia, 2018], de Kirill Serebrennikov (Imovision). Gênero: biografia. Elenco: Teo Yoo, Irina Starshenbaum, Roman Bilyk.

No verão de 1981, o rock underground chegava na Rússia Soviética, mais precisamente em Leningrado, onde hoje localiza-se a cidade de St. Petersburg. Sob a influência de artistas internacionais, como Led Zeppelin e David Bowie, o rock vibrava na cidade, marcando o nascimento de uma nova geração de artistas independentes. O jovem Viktor Tsoi (Teo Yoo) ganhou fama internacional e tornou-se o primeiro grande representante russo do gênero. Além da música, ele também ficou conhecido pelas polêmicas relacionadas a sua vida pessoal, como o triângulo amoroso que viveu junto com o seu mentor musical, Mike, e a esposa dele, Natasha.

Critica: https://rotacult.com.br/2018/11/longa-biografico-musical-verao-mostra-um-recorte-do-momento-em-que-o-cenario-underground-comecou-a-florescer/

Torre. Um dia brilhante [Wieza. Jasny dzien, Polônia, 2017], de Jagoda Szelc (Zeta Filmes). Gênero: horror. Elenco: Anna Krotoska, Małgorzata Szczerbowska, Rafał Cieluch.

É início de verão e Nina, a filha de Mula, está prestes a celebrar sua Primeira Comunhão e os parentes começam a chegar. Entre eles, Kaja, irmã de Mula e mãe biológica de Nina, que, por alguma razão, permaneceu ausente nos últimos seis anos. Seu retorno desencadeia as ansiedades de Mula, que passa a desconfiar de qualquer interação entre Kaja e Nina. A família acredita na reconciliação, mas, para Mula, Kaja retornou com a pretensão de levar a criança embora. Enquanto a presença de Kaja desencadeia mudanças na família, ocorrem uma série de peculiares eventos metafísicos. O medo de Mula cresce e ela deseja se livrar da irmã. Entretanto, há uma razão para o retorno de Kaja.

Critica: https://rotacult.com.br/2018/11/torre-um-dia-brilhante-quando-a-tecnica-carece-de-conteudo/

A Rota Selvagem [Lean on Pete, Estados Unidos, 2018], de Andrew Haigh (Diamond Films). Gênero: aventura. Elenco: Charlie Plummer, Amy Seimetz, Travis Fimmel.

​Charley tem 15 anos e acabou de chegar a Portland com seu pai solteiro. Os dois precisam muito de um novo começo depois de terem passado por tempos difíceis. Enquanto seu pai ainda mergulha em seus tormentos pessoais, Charley encontra conforto em Lean on Pete, um cavalo de corridas. Baseado em um romance de Willy Vlautin e vencedor do Marcelo Mastroianni Award de melhor ator (Charlie Plummer) no Festival de Veneza.

Critica: https://rotacult.com.br/2018/11/a-rota-selvagem-uma-jornada-em-busca-de-respostas/

Um segredo em Paris [Drôles d’oiseaux, França, 2017], de Élise Girard (Pagu Pictures). Gênero: comédia romântica. Elenco: Lolita Chammah, Jean Sorel, Virginie Ledoyen. Classificação: 12 anos

Uma mulher de 27 anos sonha com um futuro como escritora, mas é atormentada pela dúvida e pela incerteza. Ela se muda para Paris onde algo mágico acontece e acaba se conectando com um misantropo de 76 anos, que dirige uma livraria. Porém, quando um segredo do homem é revelado, a relação deles pode se tornar algo muito distinto.

Critica: https://rotacult.com.br/2018/11/um-segredo-em-paris-trama-confusa-com-conclusao-decepcionante/

Sueño Florianópolis [Sueño Florianópolis, Argentina, Brasil, 2018], de Ana Katz (Vitrine Filmes – Sessão Vitrine Petrobras). Gênero: comédia. Elenco: Marco Ricca, Andréa Beltrão, Gustavo Garzón. Classificação: 14 anos

Um casal de meia idade viaja com seus filhos em direção à cidade. Na estrada, conhecem um casal brasileiro com quem dividem momentos, romances e experiências inusitadas em um verão inesquecível

Critica: https://rotacult.com.br/2018/11/sueno-florianopolis-atravessa-o-choque-de-culturas-de-dois-paises-vizinhos-sobre-relacionamentos/

Carvana – Como se faz um malandro [Brasil, 2018], de Lulu Corrêa (Esfera). Gênero: documentário. Elenco: Hugo Carvana. Classificação: 14 anos

Dirigido por Lulu Corrêa, nos convida a sentar numa mesa de bar com o grande ator e diretor Hugo Carvana: histórias deliciosas, humor picante, nostalgia garantida. Venha aprender como se faz um malandro.

Critica:

Entrevista com Deus [An interview with God, Estados Unidos, 2018], de Perry Lang (Imagem). Gênero: drama. Elenco: David Strathairn, Brenton Thwaites, Yael Grobglas. Classificação: Livre

Após cobrir a guerra do Afeganistão, o jornalista Paul Asher (Brenton Thwaites) retorna para casa, com a sua fé abalada. Completamente sem esperanças, Paul se vê diante do maior desafio da sua vida profissional: entrevistar um homem misterioso que diz ser Deus (David Strathairn). Em conflito com suas crenças, ele agora se encontra diante da seguinte questão: O que perguntar a Deus?

Em chamas [Beoning, Coreia do Sul, 2018], de Lee Chang-dong (Pandora Filmes). Gênero: drama. Elenco: Ah-in Yoo, Steven Yeun, Jong-Seo Jeon

Durante um dia normal de trabalho como entregador, Jong-soo reencontra Hae-mi, uma antiga amiga que vivia no mesmo bairro que ele. A jovem está com uma viagem marcada para o exterior e pede para Jong-soo cuidar de seu gato de estimação enquanto está longe. Hae-mi volta para casa na companhia de Ben, um jovem misterioso que conheceu na África. No entanto, o forasteiro tem um hobby peculiar, que está prestes a ser revelado aos amigos.

Tudo acaba em festa [Tudo acaba em festa, Brasil, 2016], de André Pellenz (Downtown/Paris). Gênero: comédia. Elenco: Marcos Veras, Rosane Mulholland.

A organização da confraternização da Embelex fica por conta do funcionário mais irresponsável: Vladmir (Marcos Veras). Sua missão é fazer a melhor festa de todas e melhorar o clima entre os colegas, uma vez que uma pesquisa apontou que eles não estão muito satisfeitos com o ambiente de trabalho.

Filme paisagem – Um olhar sobre Roberto Burle Marx [Filme paisagem – Um olhar sobre Roberto Burle Marx, Brasil, 2018], de João Vargas Penna (Elo Company). Gênero: documentário. Classificação: Livre

Passeando pela arte e personalidade do paisagista, pintor e escultor brasileiro Roberto Burle Marx, o documentário apresenta suas ideias em forma de homenagem, com uma sucessão de paisagens sensoriais.

O quebra-cabeça [Puzzle, Estados Unidos, 2018], de Marc Turtletaub (Sony). Gênero: drama. Elenco: Kelly Macdonald, Irrfan Khan. Classificação: 12 anos

Agnes (Kelly Macdonald) é uma mãe suburbana na casa dos 40 anos que tem todo o seu tempo consumido e dedicado ao cuidado dos homens da sua família. Quando ela descobre o dom de montar quebra-cabeças, seu mundo muda completamente e, escondida dos parentes, ela passa a se preparar para uma competição fazendo dupla com um excêntrico especialista no assunto (Irrfan Khan).

A excêntrica família de Gaspard [Gaspard va au mariage, França, Bélgica, 2018], de Antony Cordier (Bonfilm). Gênero: comédia. Elenco: Félix Moati, Laetitia Dosch, Christa Theret.

Depois de ficar afastado durante anos, Gaspard, com 25 anos, se reencontra com a família após o anúncio do casamento do pai. Acompanhado de Laura, uma moça extravagante, que aceita fingir ser sua namorada durante o casamento, ele se sente pronto para pisar, novamente, no zoológico familiar e rever os animais que o viram crescer… Mas entre um pai mulherengo, um irmão sensato demais e uma bela irmã, ele não tem consciência de que está prestes a viver os últimos dias de sua infância.

 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here